• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

PI-Trabalhadores da educação cobram direitos durante ato na SEDUC nesta terça(24)

Categoria reivindica cumprimento dos acordos firmados em mesa de negociação, cobra seus direitos entre eles equiparação salarial dos administrativos, reajuste salarial e a retirada dos descontos dos aposentados

Publicado: 24 Agosto, 2021 - 13h09 | Última modificação: 24 Agosto, 2021 - 17h54

Escrito por: Socorro Silva-CUT-PI

Socorro Silva-CUT-PI
notice
Trabalhadores da educação em frente a SEDUC em Teresina

O Sindicato dos Trabalhadores e das Trabalhadoras em Educação Básica Pública do Estado do Piauí-SINTE, realizou ato em defesa dos diversos pontos de pauta da categoria, uma das prioridades ganhou destaque, sendo a  equiparação salarial dos administrativos, também cobrou os reajustes salariais de 2019 e 2020 e pelo fim dos descontos dos/as aposentados/as.

Socorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PI

Socorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PI

Para o presidente da CUT-PI, Paulo Bezerra, que esteve presente durante o ato, é importante lutar em defesa dos direitos dos trabalhadores da educação. 

Socorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PI

"Cada um de nós temos uma missão, e a responsabilidade de defender a nossa categoria, de defender os trabalhadores as trabalhadoras da educação, nós da CUT-PI, apoiamos esse processo de negociação que não é tão recente assim, o governo entende, ele tem consciencia do débito que tem para com a educação, para com os trabalhadores administrativos, especialmente para aposentados, nós temos observado que as reformas que foram feitas pelo governo federal, foram copiadas na sua maioria pelos governos estaduais, e aqui no Piauí, eu tenho conhecimento do contra cheque de muitos companheiros que me confiaram ver o contra cheque de cada um, e é um absurdo o tamanho do desconto dos aposentados, e haja visto que estes não tiveram reajustes nos últimos períodos. Então, os aposentados da educação estão sendo muito penalizados, não apenas a educação, mas todos os setores". Frisou.

"Nós temos acompanhado isso, é uma falta muito grande de sensibilidade do governo do estado de dialogar, e cumprir algumas mesas de negociações que foram aprovadas e  o governo não cumpriu, e com isso os trabalhadores se sentem indignados, e com toda razão, a categoria em todo o estado tem uma insatisfação e com todo o direito". Destacou. 

A presidente do SINTE-PI, Paulina Almeida, aponta que diante do cenário atual de pandemia, é uma maldade imensa, pois muitos dos trabalhadores da educação estão passando por muitas dificuldades, é um descaso total aos trabalhadores o que está acontecendo, um desrespeito por parte do governo do estado, retirar o salário mínimo dos servidores da educação.

Socorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PI

"A nossa luta é contra a reforma da previdência, que retira direitos dos aposentados, o nosso papel é e derrubar esses descontos que foram feitos nos contra cheques, nós temos a ação jurídica  tramitando, nós temos buscado diálogo com o governo do Piauí, visando essas questões, essa reforma tão perigosa não poderia ser aplicada, fez uma reforma pior que a do governo federal, porque lá é feito a partir do teto do INSS, que são R$6.101,00 reais  (seis mil e cento e um reais), e aqui no estado do Piauí ele castigou desde as pessoas que ganham, R$1.201,00 (Hum mil e duzentos e um reais), quer dizer, matar quem já estava sofrendo. A nossa luta, é uma luta árdua, é uma luta que nós vamos vencer, porque a busca aqui é para que nós alcancemos nossos objetivos". Afirmou.

Sobre os Precatórios do FUNDEF:

"Nós continuamos na luta buscando diálogo com o governo do estado, e com o secretário Ellen Gera, para discutir esse percentual de 60% para nós servidores da educação". Disse, Paulina Almeida.

Uma comissão formada por membros da CUT-PI, SINTE e Trabalhadores da educação, foram recebidos por representantes da Secretaria da Educação.

Socorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PI

Socorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PI 

Socorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PI

Socorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PI

Socorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PI