• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

CUT-PI realiza cerimônia de posse e reafirma compromisso com a classe trabalhadora

Solenidade aconteceu no espaço de lazer do SINTE-PI na sexta (10/01/2020).

Publicado: 12 Janeiro, 2020 - 17h04 | Última modificação: 13 Janeiro, 2020 - 20h39

Escrito por: Socorro Silva-Ascom/CUT-PI

Socorro Silva-Ascom/CUT-PI
notice
Solenidade de Posse da CUT-PI

Na noite da última sexta-feira (10), no Espaço de Lazer do SINTE-PI, em Teresina, foi realizada a cerimônia de posse da nova direção da CUT Piauí. Eles serão responsáveis pela administração até 2023, junto com o servidor público federal,  Paulo Bezerra, na presidência da Central.

Socorro Silva/Ascom-CUT-PISocorro Silva/Ascom-CUT-PI

"Agradeço a todos e todas pelo voto de confiança que veio a alcançar a minha recondução a presidência da nossa central, para mais quatro anos a frente da luta, quero dizer que não se faz a resistência apenas com um seguimento, mas a organização é fundamental, quero aqui me comprometer não só apenas com os companheiros aqui presentes, quero me dirigir ao movimento sindical do Piauí, em nome da CUT-PI, reafirmo o compromisso de estar colaborando para a organização do movimento sindical em todo o estado, se apresentando em qualquer dos espaços que necessário seja para liderar, organizar, e fazer um trabalho em conjunto para resgatar os direitos da classe trabalhadora, pra representar uma sociedade que não tem representação em muitos espaços desse pais, os ataques que estão sendo direcionados as políticas sociais, é de responsabilidade da CUT combater, é de responsabilidade do movimento sindical buscar resgatar o emprego, porque o desemprego está grande, mas precisamos construir propostas para dialogar junto a sociedade,  para que esta sociedade possa vir para os enfrentamentos, porque até o momento, com as mobilizações que foram feitas nesse pais, de naturezas específicas apenas para os representados dos seus sindicatos não conseguiu conquistar a população, ela não veio, ela não chegou até nós, por isso a CUT assume aqui o compromisso de estar trabalhando nessa mobilização, nesta organização.". Disse.

Segundo Paulo, "as demais centrais sindicais, as associações, os sindicatos dos estados, a todos (as) aqueles (as) que tem uma ideologia política contra nós, que tem uma ideologia de socialismo, que tem um comportamento de defender as políticas públicas que traz resultado para a população mais carentes, essas pessoas tem que se agregar a política da CUT, relembrando aqui que fizemos um trabalho importante no combate as reformas trabalhistas e previdênciárias, e nós tivemos a contribuíção importante dos sindicatos dos trabalhadores rurais liderados pela FETAG-PI, e assim conseguimos reverter aquela medida agressiva, foi um trabalho feito em conjunto, e nós da CUT temos orgulho de termos feito parte dessa organização, e desse enfrentamento, e contamos cada vez mais com a força e a capacidade da resistência". Concluiu. 

O presidente agradeceu ao seu sindicato de base, o SINSEP-PI, aos ex presidentes da central Manoel Rodrigues, João de Moura, e João de Deus, seguindo com suas saudações aos demais representantes dos demais sindicatos, aqueles que são cutistas e os que não são, mas que estão a frente da luta junto a CUT-PI, em defesa da classe trabalhadora. Enaltecendo pela contribuição dos sindicatos, na construção da unidade e organização durante o congresso para a formação da diretoria que é composta por 36 membros, que representa a CUT, cada um (a) com grande responsabilidade de autonomia de defender os princípios da central.

Socorro Silva/Ascom/CUT-PISocorro Silva/Ascom/CUT-PI

Elisãngela Moura - Presidente da FETAG/PI, resaltou a importante parceria da federação junto a central, e a satisfação em ter na diretoria da CUT-PI dirigentes sindicais somando para a luta. "Queremos desejar boa sorte a esse novo mandato a esta diretoria, que com certeza possamos fazer um trabalho aqui no estado do Piauí voltado para todas as categorias, e eu acredito que principalmente a categoria mais importante na vida de cada um de nós que é o agricultor, mas como costumo dizer que todas elas são, mas é preciso lembrar que é o agricultor  que põe na mesa o alimento para que possamos ir para a escola, e os professores, pois antes de exercermos qualquer profissão precisamos passar pelo professor, nos colocamos a disposição para que possamos continuar lutando pelos direitos dos trabalhadores, e os nossos direitos, boa sorte, vamos a luta, resistência!". Disse.

Socorro Silva/Ascom/CUT-PISocorro Silva/Ascom/CUT-PI

Paulina Almeida, vice-presidente da CUT-PI " É uma honra muito grande fazer parte mais uma vez da diretoria da CUT-PI, porque todos sabem que é a maior central do nosso pais, e aqui no estado do Piauí é uma central muito respeitada, e muito representativa, dizer que todos nós sabemos do enfrentamento que nós temos que fazer cada vez mais diante dessa conjuntura adversa que nós estamos passando, nesse momento muito contudente onde todos os trabalhadores e as trabalhadoras terão que arregaçar as mangas e ir para as ruas lutar contra essa retirada de direitos, que cairam de paraquedas para cada trabalhador (a) do nosso pais, dizer que a luta segue firme contra qualquer gestor que venha a ameaçar ou retirar os direitos dos trabalhadores, seja a nível nacional, a nível estadual, ou municipal, nós precisamos cada vez mais estar unidos, estar firmes, firmar na resistência, porque só assim nós derrotaremos aqueles que querem tirar os direitos conquistados, estamos firmes e fortes, e dizer que a CUT continua representando a todos nós, e certamente nós seremos vencedores, porque nenhum de nós é mais forte do que todos nós juntos".Concluiu.

Socorro Silva/Ascom/CUT-PISocorro Silva/Ascom/CUT-PI

A solenidade reuniu dirigentes sindicais de diversas regiões do Piauí, e convidados (as). E teve na condução da mesa o Secretário de Formação da CUT-PI Josivaldo Martins, que coordenou todo o processo do 13º Congresso da CUT, o Planejamento e a organização da solenidade de posse.

Socorro Silva/Ascom/CUT-PISocorro Silva/Ascom/CUT-PI

Paulo Bezerra e Paulina Almeida - Presidente e Vice-Presidente da CUT-PI