• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Conselho Estadual de Meio Ambiente realiza solenidade de posse

CUT-PI discute a importância de diretrizes voltadas ao Meio Ambiente, e de políticas que sejam primordiais a sua preservação

Publicado: 22 Julho, 2019 - 16h47 | Última modificação: 22 Julho, 2019 - 21h24

Escrito por: SEMAR-PI/SEEBF-PI editado pela Ascom-CUTPI

Reprodução
notice
Solenidade de Posse do Conselho Estadual de Meio Ambiente

O conselho estabelece diretrizes e normas, além de formular políticas de monitoramento e controle do meio ambiente.

A secretária de Estado do Meio Ambiente, Sádia Castro, empossou, na última quinta-feira (18), os membros do Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema). O conselho tem por objetivo estabelecer diretrizes e normas, além de formular políticas de monitoramento e controle do meio ambiente, promovendo o desenvolvimento sustentável no estado do Piauí.

De acordo com a secretária da Semar e atual presidente do conselho, ele será essencial para ampliação das ações ambientais, visto que dá segurança e transparência às ações da secretaria.

ReproduçãoReprodução

“Ele é importantíssimo, ainda mais porque funciona como os olhos da sociedade dentro da Semar. É um colegiado que acompanha, opina e delibera sobre as ações relacionadas aos recursos naturais do Piauí. É a sociedade ali acompanhando as ações ambientais”, ressaltou a gestora.

Diversos órgãos representativos da sociedade civil compõem o Conselho, dentre eles, a Central Única dos Trabalhadores no Piauí (CUT), representada pelo (a) diretor (a) Lusemir Carvalho (titular) e Emiliano Coelho (suplente). 

ReproduçãoReprodução

 

A diretora da CUT-PI, e também do Sindicato dos Bancários-SEEBF-PI, Lusemir Carvalho, comentou que é muito importante a participação no Conselho, já que vivemos um momento atípico no Brasil, com ataques a todas essas instâncias de participação da sociedade: “Esses conselhos são muito importantes, pois criam normas e diretrizes para as questões ambientais. Enquanto secretária de meio ambiente da CUT Piauí, nós já fizemos um projeto de meio de ambiente e entregamos para o Estado e município, esperamos contribuir da melhor forma possível, participar das reuniões, e que as políticas ambientais realmente se concretizem, sejam de fato colocadas em prática para a preservação de nosso meio ambiente.  Essa iniciativa do ICMS Ecológico irá incentivar os municípios a terem boas práticas e maior preocupação com a questão ambiental e isso é muito importante". Disse.

 

Na ocasião foi formalizada a criação da Câmara Técnica de Licenciamento Ambiental, instância dentro do CONSEMA que dará aval ao ICMS Ecológico, que está em fase de implantação no Estado do Piauí. Além de conselheira, a diretora Lusemir Carvalho, foi escolhida suplente na Câmara Técnica.

Composição da Câmara Técnica de Licenciamento Ambiental

 Titulares:

- Crea Piauí

- OAB Piauí

- Setur Piauí

 

Suplentes:

- CUT Piauí

- Fiepi

- Avep

- Alepi

- Sedet

- Seapi