• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Coletivo Estadual de Formação da CUT-PI discute estratégias para o enfrentamento

Discutir as questões relativas ao novo cenário político econômico brasileiro junto com as bases dos trabalhadores de todo o pais é um ponto principal da luta.

Publicado: 31 Janeiro, 2019 - 02h54 | Última modificação: 31 Janeiro, 2019 - 05h40

Escrito por: Socorro Silva

notice

A Central Única dos Trabalhadores no Piauí – CUT/PI por meio da secretaria de formação reuniu nesta quarta-feira, 30 de janeiro de 2019, às 15:30 horas, na sede da entidade, os presidentes e vice dos sindicatos filiados, formadores (as) e secretários de formação, para deliberar sobre os preparativos para a etapa estadual da 4ª Conferência de Formação, que deve acontecer até o mês de março, data definida em calendário nacional, com vistas à realização da 4ª Conferência Nacional de Formação que acontecerá de 27 a 31 de maio em Belo Horizonte, Minas Gerais. Dentre os objetivos da Conferência está o envolvimento dos filiados, militantes e dos coletivos nesse processo de formação.  

Socorro Silva - CUTPISocorro Silva - CUTPI

A reunião foi coordenada pelo Secretario de formação da CUT/PI, Josivaldo Martins, que abriu o encontro com os informes iniciais, sobre a ação entre amigos que está sendo realizada pela CUT Nacional para custear despesas da realização da Conferência Nacional de Formação.

Socorro SilvaSocorro Silva

Josivaldo Martins – Secretário de Formação da CUT-PI “Essa reunião do coletivo de formação tem o objetivo de discutir a conferência nacional de formação da CUT, que tem a pretensão de discutir as questões relativas ao novo cenário político econômico brasileiro junto com as bases dos trabalhadores e as trabalhadoras de todo o pais, e aqui no Piauí a gente começa o processo de organização dos (as) trabalhadores (as) a partir desse coletivo tirando os agendamentos das conferencias dos sindicatos para que possamos ampliar o debate na conferencia estadual que vai acontecer no dia 20 de março e a partir dai tirar as nossas representações para a conferência regional e nacional, onde ampliaremos o debate com os trabalhadores e as trabalhadoras de todo o Brasil. Diante do cenário atual a conferência vem em um excelente momento em que precisamos com toda a nossa militância não só avaliar essa conjuntura política econômica e social, mas também criar as estratégias de como vencer esse momento de dificuldades, na nossa avaliação é um momento de ameaças de retirada de direitos, a gente sente a chegada da fragilidade dos contratos de trabalho, do trabalhador e da trabalhadora em si, e a conferência nacional vem como mais um fórum, mais um espaço onde a classe trabalhadora possa se organizar para o enfrentamento”. Disse

Para o Presidente da CUT-PI – Paulo Bezerra “O cenário atual não favorece aos (as) trabalhadores (as), com esse governo que está concentrado na retirada de direitos, então esse momento é muito importante que tenhamos uma formação para os nossos militantes, esse enfrentamento não será fácil, a realidade é perversa, mas nós sabemos da importância de nos mantermos firmes na luta, buscando colocar sempre à frente a resistência, é num espaço como esse de dialogo que conseguimos nos manter fortalecidos”. Citou.

AGENDAS DO COLETIVO DE FORMAÇÃO DO ESTADO DO PIAUÍ:

PLENÁRIA DE SERVIDORES MUNICIPAIS – DIA 19/03 (AUDITÓRIO DA CUT)

CONFERÊNCIA ESTADUAL DE FORMAÇÃO – DIA 20 DE MARÇO (LOCAL A DEFINIR).

Da Assessoria de Comunicação da CUT-PI

Socorro Silva.

carregando
carregando