• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Coletivo de Mulheres da CUT-PI fortalece a importância da resistência na luta

Unidade é um fator primordial para vencer os desafios, e contra a retirada de direitos

Publicado: 14 Novembro, 2019 - 12h00 | Última modificação: 14 Novembro, 2019 - 16h03

Escrito por: Socorro Silva-CUT-PI

Socorro Silva-CUT-PI
notice
Coletivo de Mulheres da CUT-PI

A retirada de direitos da mulher trabalhadora foi tema de uma reunião ampliada realizada na manhã desta quarta-feira (14/11), no auditório da sede da CUT-PI, em Teresina. Organizadas em semicírculo, elas representaram sindicatos CUTistas, e movimentos populares. Antônia Ribeiro - Secretaria do Coletivo Estadual de Mulheres da CUT-PI, durante a abertura, realizou uma análise de conjuntura, seguida da leitura das deliberações do 13º CONCUT, abrindo para um amplo debate em seguida. 

Socorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PI

“Nosso papel diante desta atual conjuntura está nos direcionando ao fortalecimento da resistência, contra a retirada de direitos, e precisamos conscientizar a sociedade dessa realidade", disse a secretária da Mulher Trabalhadora da CUT-PI, Antônia Ribeiro, que iniciou os trabalhos da reunião ampliada, chamando a atenção das mulheres para o objetivo do encontro.  Ela também destacou o importante papel da união do coletivo junto a secretaria de mulheres da CUT-PI, durante o seu pleito, reafirmando o seu compromisso de apoiar a próxima companheira que será a secretária.

Socorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PI

Antônia, também fez referência a Liberdade do Ex Presidente Lula (PT), destacando que a luta continua, e que ele é o verdadeiro representante do povo. 

Durante a análise de conjuntura que foi feita, destacou-se o quanto é fundamental  a prática do exercício de autocrítica, o debate aconteceu de forma avaliativa, discutindo sobre os erros e acertos, o que deixou claro o objetivo do enfrentamento ao longo da  caminhada para as próximas demandas a serem cumpridas,  além de compartilhar estratégias positivas para que todas possam sobreviver às medidas do atual e do próximo governo. Em clima de seriedade, compromisso, e trocas de energias positivas,foi assim que a reunião aconteceu ao longo da manhã desta última quarta (13). 

Aplicando a democracia na prática, Antônia Ribeiro, sugeriu que todas as mulheres presentes pudessem falar antes de ela mesma fazer as próprias considerações e encaminhamentos.

Socorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PI

A organização do Coletivo de Mulheres propôs novo encontro e participação no Congresso Estadual da CUT, previsto para os dias 29 e 30  de novembro. As participantes definiram, ainda, realizar ações conjuntas para o Dia da Consciência Negra (20 de novembro).

Socorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PI

Antônia Ribeiro, agradeceu ao coletivo pelo apoio durante o seu pleito na secretaria estadual de mulheres, e fortaleceu a importância das companheiras continuarem participando das próximas reuniões que serão coordenadas pela próxima secretaria de mulheres que será eleita durante o CECUT-PI.