• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Centro de Operações da CHESF Piauí é transferido para o Ceará

CUT-PI lamenta o descaso das autoridades e repudia a grande perda para o Piauí

Publicado: 08 Outubro, 2019 - 10h02

Escrito por: Fonte: Urbanitários/Editado Ascom CUT-PI - Socorro Silva

Reprodução
notice
Transferência CROO PI para o CE

Encerram-se nesta terça-feira (08/10) os serviços do Centro de Operações de Sistemas da Chesf aqui no Piauí, que passam, a partir de agora, a serem feitos em definitivo pelo estado do Ceará, o que configura uma grande perda para nosso Estado, já que a extinção do CROO ataca nossa soberania em um momento em que o Piauí está em pleno desenvolvimento na geração de energia, com a energia eólica, solar e hidroelétrica, deixando de ser apenas consumidor para se tornar produtor de energia. “Iremos perder esta tecnologia que desenvolvemos em 44 anos de centro, além de perdemos campo de trabalho e laboratório para estudantes de energia elétrica”, destaca Francisco Marques, presidente do Sindicato dos Urbanitários.

Socorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PI

Paulo Bezerra - Presidente da CUT-PI "Repudiamos em nome da CUT-PI essa medida da empresa, lamentamos principalmente o desinteresse das autoridades do nosso estado em barrar tal agressão, mostrando o descaso, e o desrespeito total também aos trabalhadores do centro de operações, sem sequer levar em consideração o registro histórico do CROO  para o nosso estado, é uma grande perda que lamentamos muito, a luta foi feita, mais infelizmente não fomos compreendidos". Disse.

Socorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PI

A entidade sindical realizou uma grande campanha pela permanência no Centro no Piauí; seminários, audiências públicas, campanhas nas redes sociais, publicidades nas rádios e Tv, além de ter levado ao conhecimento de todas as autoridades do Estado, inclusive do próprio Governador Wellington Dias. “O Sindicato dos Urbanitários lamenta profundamente que as autoridades competentes não tenham sido capazes de impedir tal feito. É lamentável que tenhamos perdido algo tão importante para nosso Estado”, diz Herbert Marinho, diretor do sindicato e trabalhador da CHESF.

Socorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PI

Os prejuízos com a transferência do CROO do Piauí para o Ceará são muito significativos, pois o centro acompanha todas as instalações 24 horas por dia, trabalhando em turno de revezamento, monitorando a qualidade da energia, para que seja adequada às instalações e ao consumidor. “Qualquer anormalidade com uma instalação, o centro sabe de imediato e se lhe couber, já busca soluções rápidas. Com esta transferência, em caso de um apagão, por exemplo, será preciso que as autoridades piauienses se portem à Recife ou ao Ceará, burocratizando e prolongando as soluções para eventuais problemas”, explicou Marques, que lamenta esta grande e significativa perda para o desenvolvimento do estado e para o consumidor final.