• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

#29M, em Teresina, foi marcado por manifestações por Fora Bolsonaro

O grito pela vida foi uma das prioridades que culminou na unidade de classe durante toda a caminhada pelas principais ruas do centro da capital

Publicado: 29 Maio, 2021 - 18h57 | Última modificação: 31 Maio, 2021 - 03h10

Escrito por: Socorro Silva-CUT-PI

Socorro Silva-CUT-PI
notice
#29MForaBolsonaro

 Em Teresina, o sábado (29), trouxe às ruas as muitas vozes que clamam por auxílio emergencial digno, vacina para todos e todas, em defesa do SUS, pela vida, e por Fora Bolsonaro. Entre as pautas defendidas, também ficou marcado durante o ato a defesa da CHESF, e contra a privatização dos Correios.

Socorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PI

A CUT-PI esteve presente durante todo o ato, representada pelo Secretário de Comunicação Herbertt Marinho, e a Secretaria de Combate ao Racismo - Antônia Ribeiro. Já na abertura do ato, esteve presente o Presidente Paulo Bezerra, que por questões de dificuldades pós cirúrgica, não pode acompanhar a trajetória da caminhada. Mas deixou a sua mensagem em apoio e fortalecimento a luta.

Socorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PI

"Somos contrarios a política que o governo tem implantado, que já chega ao seu 3º ano de mandato, e ele nunca diz a que veio, e estamos aqui fazendo uma critica direta, ao Senhor Presidente Bolsonaro, por desrespeitar a população, não ter cuidado do nosso povo, essa pandemia é grave e assola o povo brasileiro, trouxe consigo o desemprego, fome, miséria, uma economia muito baixa , que não atende as necessidades do nosso povo, não trouxe beneficios nesse segundo momento através do auxílio emergencial, pois essa renda apresentada hoje não dá para garantir minimamente a vida das pessoas, estamos nessa luta para garantir que o congresso nacional possa insistir com o auxílio de R$600,00, pois esse de 200 é muito pouco, só ameniza a situação das pessoas". Disse.

“Estamos lutando para que o governo possa apresentar uma política de geração de emprego, de renda, de proteção às pessoas mais humildes. A fome assola e o desemprego está levando o país ao passado, há 20 anos, quando se tinha até estado de desnutrição. Então, hoje, estamos buscando sensibilizar à sociedade que ela pode contribuir nessa luta para derrubar este governo. Na nossa avaliação, não conseguimos progredir com esse governo”, afirmou o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Paulo Bezerra.

Socorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PI

Participaram do protesto sindicalistas, representantes de partidos políticos, estudantes e população em geral.

Socorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PI

A concentração começou por volta de 8h na Praça Rio Branco, no Centro da capital. Em seguida, às 9h30, eles percorreram as principais ruas da região, passando pelo Palácio da cidade, sede da Prefeitura de Teresina, e pelo Palácio de Karnak, sede do Governo do Estado.

Socorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PI

A manifestação encerrou em frente à Igreja São Benedito, às 11h. Durante toda a manifestação a organização do ato alertou sobre às medidas de prevenção contra o novo coronavírus, distribuiu máscaras e utilizou álcool em gel nas mãos dos participantes, mas muitos já levaram também os seus. 

Socorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PI

Socorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PI
 
 
Socorro Silva-CUT-PISocorro Silva-CUT-PI